Tratamentos

Calvície Feminina

A calvície pode ter influência desanimadora ou mesmo devastadora na qualidade de vida das mulheres. Na maioria dos casos, a perda de cabelo é muitas vezes considerada erroneamente um problema psicológico e emocional. Além disso, é comum que a perda de cabelo em mulheres não seja levada a sério pela família e amigos ou, até mesmo, por seu médico pessoal.

Enquanto a própria perda de cabelo pode apresentar problemas psicológicos e emocionais de uma mulher, a dificuldade dos outros para reconhecer a gravidade desse problema pode contribuir adicionalmente a esses efeitos, que podem variar em diminuição da auto-estima, ansiedade e depressão. Centenas de mulheres com perda de cabelo foram entrevistadas recentemente em um questionário feito por David H. Kingsley, PhD, em um recente encontro internacional da ISHRS. Confira o que as mulheres que responderam ao questionário disseram sobre a calcície a a auto-estima, ansiedade e depressão:

"Eu sinto que outras pessoas estão sempre olhando para o meu cabelo." "Eu constantemente comparo a minha perda de cabelo com os outros." "Eu me sinto pouco atraente ou indesejável, com o resultado da minha queda de cabelo." "Perder o meu cabelo tem sido o evento mais perturbador da minha vida." "Eu constantemente me preocupo com a minha queda de cabelo." Disfunção social: "Eu saio menos por causa da minha queda de cabelo." "Eu sinto que minha perda de cabelo está afetando a minha carreira." "Minha perda de cabelo limitou minha atividade sexual."

Perda de controle: "Eu estou constantemente à procura de conselhos sobre a minha queda de cabelo."A falta de compreensão: "Amigos e familiares não levam a sério a minha perda de cabelo ou subestimam a sua importância para mim. A perda de cabelo em uma mulher também pode ser ignorada como um fenômeno "normal". Perda de cabelo gradual é freqüentemente associada com o envelhecimento. Queda de cabelo temporária é freqüentemente associada com a gravidez. Muitas vezes, as mulheres têm perda de cabelo padrão, que "corre na família".

A perda de cabelo em uma mulher nunca deve ser considerada "normal", no entanto. A causa deve ser perseguida até que o diagnóstico seja estabelecido. Das muitas causas de queda de cabelo em mulheres, apenas alguns, tais como o envelhecimento, as alterações hormonais associadas à gravidez e hereditária perda de cabelo padrão pode ser considerado "normal". O tratamento está disponível para a perda de cabelo devido a estas condições "normais", e o tratamento deve ser considerada quando a perda de cabelo influência a qualidade de vida da mulher.

Se a perda de cabelo causa problemas psicológicos ou emocionais para a mulher, deve sempre ser levado a sério pela família, amigos e médico pessoal da mulher. Dr. Kingsley, uma autoridade em problemas emocionais e psicológicos associados com a perda de cabelo, recomenda aos médicos, que tratam as mulhere: (1) tomar o tempo para fazer uma análise do couro cabeludo e trazer à tona o tema da perda de cabelo, mesmo que a mulher não tenha mencionado ele, (2) ter tempo para discutir como o paciente se sente sobre a sua perda de cabelo, e totalmente responder todas as perguntas do paciente, (3) realizar os exames de diagnóstico quando necessário, ou encaminhar o paciente para um médico especialista em restauração capilar para testes de diagnóstico, e (4) encaminhar o paciente para um médico especialista em restauração de cabelo para as opções de tratamento eficazes. O transplante de cabelo é uma das opções que podem ser consideradas.

FAÇA SUA AVALIAÇÃO ONLINE
HOSPITAL UNIQUE
(62) 3281-1888
CENTRO CLÍNICO VIA BRASIL
(61) 3442-8217