Tratamentos

Finasterida

Aprovada em 1992, a finasterida atua no couro cabeludo bloqueando a ação da enzima 5-alfa-redutase, responsável por transformar a testosterona em dihidrotestosterona (DHT) - hormônio relacionado ao afinamento dos fios.

A finasterida não tem ação hormonal propriamente dita, mas diminui significantemente os níveis de DHT no folículo piloso e na corrente circulatória. Essa medicação é uma opção para homens com alopecia androgenética, isoladamente, ou em associação com minoxidil tópico. Pode ser tomada em qualquer hora do dia com ou sem alimentos. Não existem relatos significativos de interações medicamentosas ou alergias.

A medicação causa disfunção sexual?

Os estudos clínicos confiáveis mostram que o uso de Finasterida na dose de 1mg ao dia causou redução de libido em 1,9% dos pacientes, diminuição do volume da ejaculação em 1% dos pacientes e disfunção na ereção em 1,4%. O mais indicado é que o paciente faça acompanhamento com um médico urologista.

FAÇA SUA AVALIAÇÃO ONLINE
HOSPITAL UNIQUE
(62) 3281-1888
CENTRO CLÍNICO VIA BRASIL
(61) 3442-8217